Dosagem de IgE sérica

IgE sérica: É um exame de sangue para dosar a quantidade de IgE (imunoglobulina E) que é um dos responsáveis pela reação alérgica. A IgE sérica total serve como teste de triagem de doenças alérgicas e o nível total de sensibilidade alérgica. Os níveis de IgE sérica (no sangue) variam com a idade e com freqüência é extremamente alta em doenças parasitárias, imunodeficiências específicas, aspergilose broncopulmonar alérgica e em crianças com dermatite atópica grave e alergia a alimentos, inclusive parasitoses (verminoses).

IgE sérica específica: É um exame de sangue baseado no RAST (Radio Alergo Sorbente Teste) para dosar o anticorpo IgE específico circulante no soro humano. Pode ser utilizado anti-soro radiomarcado frente a IgE humana ou IgE marcada com enzima e desta forma identificar anticorpos IgE de alérgeno específico (ácaros, epitélios, fungos, polens, insetos, alimentos, drogas, etc.). Exemplo: o alérgeno de interesse (ácaro da espécie Blomia tropicalis) reage com a IgE específica do soro do paciente. Depois da lavagem da IgE não específica, são adicionados anticorpos marcados com enzima para formar um complexo. Após incubação a anti-IgE marcada com enzima é lavada e o complexo é incubado com o agente de desenvolvimento. A reação é interrrompida e determina-se a fluorescência. Quanto maior a fluorescência, mais IgE específica contra o ácaro Blomia tropicalis há no soro do paciente.

Diferenças entres os testes cutâneos por puntura e a dosagem da IgE específica no sangue

Testes por puntura (prick test) são mais baratos, maior sensibilidade, maior disponibilidade de alérgenos, resultados imediatos, tecnicamente mais fáceis, resultados visíveis útil para ensino, boa correlação com a história clínica e o RAST.

Dosagem IgE específica “in vitro” não provoca risco para o paciente, bastante específico, não é afetado por uso de drogas anti-alérgicas, os antígenos são mais estáveis, pode ser realizado em pacientes com dermografismo, boa correlação com a história clínica e com os testes cutâneos.